Impostômetro

Bem Vindo ao Blog da Galera

Aqui você interage, comenta, aprende e ensina.

O Blog do povo brasileiro! Democracia e diversidade aqui sempre!



Abraços a todos
Renato Fel.


----------------------------------------------

****** Atenção políticos ******

O Blog da Galera não vai descansar enquanto houver CORRUPÇÃO no Brasil. NÃO VAMOS NOS CALAR!



sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Documentos históricos nº 4 : Doação da primeira capitania hereditária

Nos trinta anos que se seguiram ao descobrimento do Brasil, a terra permaneceu quase inteiramente abandonada, à exceção de alguns pontos do litoral onde se fazia comécio do pau-brasil.
Entretanto, crescia na Europa o interêsse pelas terras americanas e os navios piratas franceses eram cada vez mais comuns nas águas do Atlântico Sul, fazendo pilhagens.
Portugal estava diante de um dilema : ou apressava o povoamento da nova colônia ou corria o risco de perdê-la.
A divisão do Brasil em capitanias, em 1534, estudada com muito cuidado pelos conselheiros da Coroa, não fugia aos sistamas já adotados pelos portuguêses em suas outras colônias. Doando faixas do território, e com isso povoando a Colônia, Portugal poderia fazer frente ao desafio dos corsários. Assim, Dom João III resolveu "mandar repartir e ordena em capitanias de certas léguas, para delas prover aquelas pessoas que me bem parecessem pôlo..."
A preocupação em provas a Colônia ressalta nos parágrafos iniciais da primeira carta de  doação : "A quantos esta minha carta virem faço saber que, considerando eu quanto serviço de Deus e meu proveito e bem de meus Reinos e Snhorios e dos naturais e súditos dêles é ser a minha costa  e terra do Brasil mais povoada do que até agora foi..."
Ao distribuir as terras do Brasil entre fidalgos, Dom João III escolheu aquêles que haviam enriquecido na Índia, pois assim, além da exoeriência em colonização, disporiam de algum capital para aplicar em suas novas propiedades. O rei procurava garantir a posse das terras e ao mesmo tempo recompensar o serviço de seus fidalgos : "Considerando eu os muitos serviços que Duarte Coelho, fidalgo de minha casa, a el-rei, meu senhor e pai, que santa glória haja e a mim tem feito, assim nestes Reinos como nas partes da Índia onde serviu muito tempo e em muitas coisas de meu serviço, nas quais deu de si muito boa conta, havendo como é razão de lhe fazer assim pleos serviços que até aqui tem feito como pelos que espero que me  ao diante fará..."
Duarte Coelho, fidalgo e militar português que combatera nas Índias, foi o primeiro a ser agraciado com terras brasileiras. Enviado como donatário para Pernambuco, trouxe como comprovante de posse o documento aqui reproduzido, cuja data provável é 10 de março de 1534. Duarte Coelho faria de Pernambuco a capitania mais rica do Brasil.



Primeira página da carta de doação da capitania de Pernambuco a Duarte Coelho - Aquivo Nacional da Tôrre do Tombo, Portugal.  (clique na imagem e amplie)








OBS: Texto e cópia do documento estraído do livro "Grandes Personagens da Nossa História" - Abril Cultural (português arcaico)

2 comentários:

  1. Parabéns pelo blog...Pelo assunto abordado..Vou seguir!!!! Abraço

    ResponderExcluir
  2. Lisia...


    Obrigado querida. Eu aqui tento abordar assuntos diversificados de forma inteligente. Estou a cada dia me superando e aprendendo mais e mais com o Blog e com os comentarios aqui feitos.

    Eu acredito que podemos falar de todos assuntos desde "Dicas de Moda e Beleza" até assuntos de política, sempre levando um "Q" muito forte de intelgencia e cultura.

    Obraigado mais uma vez por estar seguindo o Blog da Galera, se não tivesse pessoas como você que seguem o Blog, ele não seria o que é.


    Comente e interaja no Blog é sempre muito bom, porque aqui tem espaço para todos. Aqui você Interage, Comenta, Aprende e Ensina.




    Atenciosamente,
    Renato Fel.

    ResponderExcluir